Atualizado: Enquanto isso no país do futebol

Posted: December 7, 2013 in tudo o que eu amo
Tags: , , , , , ,

Dengue, morte, pancadaria e fraude na festa da FIFA na Costa do Sauípe

Enquanto isso no país da dengue, isto é, do futebol…

Como se não bastassem todos os problemas de infraestrutura de sempre e os recentes protestos populares contra a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 e que ameaçam a realização desses dois eventos no país, mais um problema crônico brasileiro pode se tornar um gol contra durante a realização da Copa do Mundo de 2014: a dengue. Um estudo publicado recentemente na revista “Nature” recomendou que o governo brasileiro tome medidas capazes de neutralizar o risco de dengue durante a Copa do Mundo de 2014. Naturalmente, o Ministério da Saúde discorda da avaliação feita pelo autor da pesquisa e destaca que o Brasil é um dos únicos países do mundo com um programa permanente de combate à dengue.

Sim, isso é verdade, assim como é verdade que de nada adianta ter um programa de combate à doenças infectocontagiosas se ele não é colocado em prática de forma eficiente. A cada ano, aumentam as estatísticas sobre o número de casos da dengue no país, bem como há também o aumento no número de casos fatais em virtude da forma mais agressiva da doença, a dengue hemorrágica.

Febre da Copa?

Brazil-dengue-fever-mapSimon Hay, renomado especialista em doenças infecciosas da Universidade de Oxford, na Inglaterra, recomendou ao Brasil que tome medidas energéticas para neutralizar o risco de dengue durante a Copa do Mundo de 2014. O risco vinculado ao vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti será maior em três cidades-sede da competição no nordeste: Fortaleza, Natal e Salvador. Em outras cidades, a temporada de dengue poderia culminar antes do Mundial, previsto entre os dias 12 de junho e 13 de julho. “Infelizmente, durante este período, o risco segue sendo alto no nordeste”, disse Hay, em comentário publicado pela prestigiosa revista Nature.

Induzido por um vírus transmitido na picada do mosquito, a dengue provoca inicialmente sintomas parecidos com os da gripe. Em alguns casos, podem acontecer complicações que resultam numa dengue hemorrágica, podendo ser mortal. Não existe vacina. Hay alertou também do risco teórico para os brasileiros da possibilidade de visitantes de fora do país trazerem tipos do vírus contra os quais a população local pode ter baixa imunidade.

Dengue-Sintomas

Em 20 de novembro, o Brasil registrou 573 casos de morte por dengue no ano, contra 292 em 2012 e 472 em 2011. A maior incidência de casos mortais se deu em Minas Gerais, seguido por São Paulo (72), Goias (58), Ceará (54) e Rio de Janeiro (48). A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou para o fato da dengue estar se expandido, impulsionada pelo aumento do turismo e da globalização do comércio, e 40% da população mundial está atualmente ameaçada.

Entre 50 e 100 milhões de infecções com dengue ocorrem no mundo a cada ano, de acordo com dados da OMS. Em 1970, a doença era endêmica em apenas nove países, mas hoje já se tornou uma epidemia mundial, de acordo com esse mapa de 2008 da OMS:

dengue-world-fever

Fonte da pesquisa: www.nature.com. Leia mais clicando aqui e aqui.

Não se faz Copa do Mundo com estádios que desabam

Em 27 de novembro, um acidente com um guindaste provocou o desabamento de parte da estrutura montada para o painel de LED do estádio do Itaquerão, também chamado de Arena Corinthians, na zona leste de São Paulo, matando dois operários, o motorista e operador Fábio Luiz Pereira e o montador Ronaldo Oliveira dos Santos.

1

2

3

4

5

O estádio deverá sediar a cerimônia de abertura da Copa do Mundo no dia 12 de junho. Leia mais clicando aqui. Fonte: www.estadao.com.br.

Entenda como foi o acidente

imagem1

imagem2

imagem3

Operador do guindaste no Itaquerão nega falha humana

O operador de guindaste José Walter Joaquim, que içava a última peça da cobertura do estádio do Corinthians, o Itaquerão, quando ocorreu o acidente que matou duas pessoas no último dia 27, negou em depoimento na quarta-feita (4) ter falhado durante a operação.  O delegado Luiz Antônio da Cruz, responsável pelas investigações, disse que aguarda a perícia técnica para saber o que provocou a queda da grua. De acordo com o depoimento, um plano de trabalho feito pela Construtora Odebrecht e validado pela empresa Locar, que operava o guindaste, mostrou que as condições técnicas de vento, chuva e solo eram favoráveis para o trabalho naquele dia. “Não tinha problemas com o solo, o tempo estava bom e ele disse, inclusive, que fez os outros 37 içamentos [da obra]”, informou o delegado. Leia mais aqui.

Desabamento na Arena Corinthians é mais um na lista de “acidentes” da Odebrecht

Entre várias obras de responsabilidade da construtora, a do Metrô paulista acabou em um enorme buraco que matou 7 pessoas em 2007. Em 2008, empresa foi expulsa do Equador.

A Odebrecht, construtora responsável pelas obras, afirmou, em nota oficial, que o acidente foi causado por um “guindaste, que içava o último módulo da estrutura da cobertura metálica do estádio” que “tombou provocando a queda da peça sobre parte da área de circulação do prédio leste – atingindo parcialmente a fachada em LED”. A Odebrecht era responsável, em 2007, pelo Consórcio Linha Amarela, que construía a Linha 4 do Metrô de São Paulo. No dia 12 de janeiro, um desabamento nas obras da Estação Pinheiros , por volta das 15 horas, culminou em um enorme buraco que “engoliu” dois caminhões, resultando na morte de 7 pessoas.

No ano de 2008, a Odebrecht foi expulsa do Equador pelo presidente Rafael Correa. Um ano antes, com financiamento do BNDES, a construtora entregou a Hidrelétrica de San Francisco, na província amazônica de Pastaza. À época, o governo equatoriano classificou a obra como um “desleixo” da construtora brasileira.

Fonte: www.pragmatismopolítico.com.br.

Tragédia tem forte repercussão internacional

O acidente com o guindaste ganhou destaque em diversos jornais e sites de notícias do planeta. Confira alguns deles:

sun

AS-spain

bild-alemanha

gazzetta dello sport

marca-spain

mundodeportivo

Fonte: http://r7.com.

Quando tudo que resta a fazer é rezar

A Fifa adiou mais uma vez nesta quinta-feira o prazo de entrega do estádio de São Paulo para a Copa do Mundo de 2014, passando para 15 de abril a data final para a conclusão da arena que vai sediar a partida de abertura do Mundial em 12 de junho. Apesar da nova mudança para a inauguração do estádio, onde ocorreu um acidente na semana passada em que morreram dois operários, a Fifa por enquanto não tem planos de mudar o local do jogo de abertura da Copa, e a única coisa que pode fazer é rezar para que não aconteçam mais acidentes envolvendo as obras do Mundial, nas palavras do presidente da entidade responsável pelo futebol mundial, Joseph Blatter. “Recebemos informações de que o estádio estará pronto em meados de abril, 14 ou 15 de abril do ano que vem. Acreditamos que é uma questão de confiança. Por enquanto, não há plano B”, afirmou Blatter em entrevista coletiva na Costa do Sauípe, onde acontece na sexta-feira o sorteio dos grupos do Mundial.

blatterJoseph Blatter, presidente da FIFA:  “O que a Fifa pode fazer? A Fifa pode pedir a Deus, a Alá, a quem quer que seja, para que não aconteçam mais acidentes envolvendo a Copa do Mundo, isso é a única coisa que podemos fazer”.

A Arena Corinthians, que está em construção na zona leste da capital paulista, tinha previsão de conclusão para dezembro, mas a Fifa adiou inicialmente o prazo para fevereiro devido ao acidente ocorrido na semana passada, em que um guindaste desabou sobre parte da arena. Além do estádio de São Paulo, conhecido como Itaquerão, as arenas de Curitiba e Cuiabá também tiveram os prazos de conclusão adiados para fevereiro pela Fifa nesta semana. As outras três arenas (Porto Alegre, Manaus e Natal) que estão em construção para a Copa têm previsão de conclusão para janeiro. Entre os seis estádios que já estão prontos para o Mundial, que foram utilizados na Copa das Confederações de junho, quatro não cumpriram o prazo original de conclusão estabelecido para Fifa, dezembro do ano passado. Leia mais.

Acompanhe o andamento das obras para a realização da Copa do Mundo: http://www.portal2014.org.br/andamento-obras/.

Definidos os 8 grupos para a Copa do Mundo 2014

Em meio a tantos problemas e acidentes, o que menos se comentou nesta semana foi o sorteio para a definição dos grupos para a Copa do Mundo, que aconteceu nesta sexta-feira (6), na Costa do Sauípe, na Bahia. Segundo especialistas, o sorteio dos grupos foi bom para o Brasil. Em comparação à situação de outros times favoritos, o grupo da seleção brasileira é o menos complicado. Depois de um desfile de celebridades brasileiras como Marta, Bebeto, Ronaldo e Pelé, o sorteio premiou algumas seleções e apertou outras. O Brasil vai enfrentar na primeira fase Croácia, México e Camarões.

foto02

Dia 12 de junho, na abertura em São Paulo, o Brasil enfrenta a Croácia, mesma adversária da estreia de 2006. Em Fortaleza, pega o México, algoz na final olímpica de 2012, mas vítima do Brasil na última Copa das Confederações, quando a seleção venceu por dois a zero. Camarões fecha o grupo, reeditando o encontro de 1994, quando a seleção goleou por três a zero antes de conquistar o tetra. Contra os africanos, o Brasil encerra a primeira fase em Brasília. Fonte: http://g1.globo.com.

Atualizado em 9 de Dezembro:

Vídeo revela possível fraude no sorteio dos grupos

Um vídeo de origem desconhecida que circula na internet desde sexta-feira, dia do sorteio da Copa do Mundo de 2014, tenta provar que o procedimento foi armado e que todo o evento não passou de uma enganação para que a Fifa pudesse manipular as chaves do Mundial. Nesta segunda-feira, o vídeo já conta com mais de 1,7 milhão de visualizações.

As imagens (assista ao vídeo no fim da postagem) mostram que as bolinhas do sorteio dadas ao secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, são abertas por ele na frente das câmeras, mas depois o dirigente baixa as mãos para trás da bancada antes de mostrar o papel com o nome da seleção ao público. A suspeita levantada é que, neste momento, ele troca os papéis para exibir um país já pré-determinado. Fonte: Pragmatismo Político.

.

Violência e pancadaria no país da Copa do Mundo

Neste domingo, a última rodada do campeonato brasileiro, que já teve o Cruzeiro MG como campeão com algumas rodadas de antecedência, foi marcado pela selvageria de alguns torcedores do Vasco da Gama (RJ) e Atlético (PR), que se degladiaram nas arquibancadas da Arena Joinville em cenas lamentáveis de violência que ganharam o mundo e mostraram, entre tantas outras vergonhas, porque o Brasil não deveria sediar uma Copa do Mundo.

brazil-soccer-violence-11

Devido à uma questão de segurança – O Ministério Público do Paraná proibiu a presença de policiais militares dentro dos estádios -, os torcedores de Vasco da Gama e Atlético PR entraram em confronto nas arquibancadas da Arena Joinville. O jogo era decisivo para os dois times: o Vasco lutava contra o rebaixamento para a segunda divisão e o Atlético por uma vaga entre os times que disputarão a Libertadores da América, o mais importante torneio sul-americano, no ano que vem. Quatro torcedores ficaram feridos e foram levados para o hospital. Estevão Viana, de 24 anos, William Batista, de 19 anos, e Gabriel Ferreira Vitael, de 20 anos, são os três torcedores que ficaram internados neste domingo. Diogo Cordeiro da Costa Ferreira, de 29 anos, também chegou a ser levado para o Hospital São José, mas, como não sofreu nada grave, foi liberado pelos médicos.

brazil-soccer-violence-2

brazil-soccer-violence-3

brazil-soccer-violence-4

brazil-soccer-violence-5

brazil-soccer-violence-8

O atendimento dos feridos mobilizou até mesmo um helicóptero, que pousou no gramado da Arena Joinville para remover os torcedores que precisavam ir para o hospital. A polícia, quando entrou no estádio e conseguiu conter a briga, também prestou socorro às vítimas da violência, ajudando a tirá-las do local. A briga entre os torcedores dos dois times começou aos 17 minutos do primeiro tempo e demorou para ser contida, porque não havia polícia dentro do estádio. A PM estava atuando apenas fora da Arena Joinville. Internamente, havia segurança particular, contratada pelo mandante Atlético-PR para o jogo deste domingo.

brazil-soccer-violence-7

brazil-soccer-violence-10

brazil-soccer-violence-9

brazil-soccer-violence-6

Por causa da briga, cheia de imagens chocantes, o jogo ficou paralisado por mais de 1 hora. Após a intervenção da PM, que controlou a confusão e assumiu o policiamento dentro do estádio, inclusive com aumento de efetivo, o árbitro pôde recomeçar a partida. No final, o Atlético-PR venceu o Vasco por 5 a 1 e o Vasco vai disputar a segunda divisão no ano que vem, ao lado de Fluminense, Náutico e Ponte Preta. Fonte: Estadão.

.

A selvageria transmitida ao vivo foi destaque nos jornais internacionais e aumentou o receio dos estrangeiros que virão ao Brasil com a segurança dentro e fora dos estádios. Leia mais: The Guardian, The Washington Post, El Pais, The Telegraph.

la-marca

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s